Um “Senhor” cachorro-quente | As delícias do Senhor Garibaldi

Um “Senhor” cachorro-quente | As delícias do Senhor Garibaldi

Quem acha cachorro-quente uma opção “muito comum” e sem graça certamente ainda não conheceu o Senhor Garibaldi. Apesar de também satisfazer aqueles que gostam do tradicional, o cardápio conta com salsichas artesanais e, ainda, com combinações diferenciadas de sabores que remetem a vários lugares do mundo (além de uma opção de rodízio na qual você pode provar todos eles). E isso apenas para começar a contar a enorme variedade que o restaurante oferece.

Nós, como já somos de casa, nem precisamos dizer o que queremos quando chegamos lá: um amendoinzinho pra começar e um chopinho pra acompanhar (um Pilsen artesanal super leve desenvolvido especialmente para a casa). Mas com “a fama de gordinho que temos”, é claro que enquanto isso nossos outros pedidos (sim, no plural) já estavam sendo preparados.

Daqui a pouco voltamos a falar da comida, porque aqui cabe uma pausa pra falar do ambiente: o que que é aquele deck com um solzinho ao entardecer? Podíamos ficar lá o dia todo – e acho que os pets que estavam lá pensavam da mesma forma (com um potinho de água fresca, uma sombrinha e biscoitinho pra cachorro a vida não parecia muito difícil). Enquanto isso, uma boa conversa também fez toda a diferença. Como é de praxe, o proprietário e amigo Horácio Coutinho logo chegou para nos fazer companhia e nos contar sobre os próximos eventos que iriam rolar por aí – o que é outro ponto importante: o Senhor Garibaldi nunca para! Sempre tá rolando alguma coisa diferente por lá.

E voltando ao nosso assunto preferido, eis que chegaram nossos lanches. Mesmo sem ser vegetariana, a Gabi pediu um Bocadito (o clássico com molho de tomate e batata palha – que é o meu favorito) com a salsicha vegetal (uma opção a base de beterraba desenvolvida pelo próprio Hora, que agrada até mesmo os clientes mais carnívoros). Eu, pra não ficar sempre na mesma, pedi o premiado americano com a salsicha bovina recheada (eleito em 2016 como o melhor hot dog da cidade pelo Bom Gourmet). Não satisfeitos (mentira, já estávamos… mas as lombrigas falaram mais alto), dividimos uma polenta com linguicinha (a prova concreta de que “o Gariba” vai muito além dos hot dogs). Estava demais! Para fazer jus a nossa fama, finalizamos com um sorvete muito bom de Banana Caramelada e o famoso Brownie de Colher (dica de amigo: pede pra esquentar no micro-ondas por 15 segundinhos. É tipo melhorar o que não parecia possível ser melhorado).

Por fim, depois de comer muito mais do que devíamos (acontece nas melhores famílias), nos despedimos e fomos embora a pé pra dar uma equilibrada (mesmo sabendo que logo estaremos lá para comer tudo de novo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *