Time for some changes
ilha 04

Escrevo e apago, escrevo e apago, não sei nem por onde começar a colocar tudo que ta na minha cabeça pra fora, mais eu sinto que tenho que fazer porque não aguento tantos pensamentos a mil, chega até a dar dor de cabeça de tanta coisa que se passa.

Quem nunca quis mudar uma coisa aqui outra lá em si mesma, nunca se pegou admirando alguem e pensando – putz, como eu queria ser como ele/ela.- Mas, cada um é cada um. Não adianta você tentar ser uma pessoa que não tem a ver com você, cada um tem sua essência.

Se você tivesse a oportunidade o que mudaria em você?

Eu mudaria minha ansiedade de viver a vida, eu simplesmente não sei colocar um pé na frente do outro, eu ando rápido, pra chegar mais rápido, ai sabe o que acontece? tudo passa rápido e eu não aproveitei. Tenho sempre essa sensação.

Mudaria também meus dias de insegurança, ai você deve ta pensando, você insegura Thaís? Pois é, todo mundo tem seus dias down, e quando eu to na TPM eles me dominam de uma forma que eu não consigo controlar.

Também, meu jeito indeciso de ser, de não saber o rumo que quero tomar, não saber ainda com 23 anos o que eu quero da minha vida, eu só tenho o objetivo, o porém é que não sei como colocar em prática, ou ainda não me motivei a levantar e ir fazer. Sinto que estou “estagnada“, que parei no tempo, pra ser mais clara, vamos dizer que eu tava em um avião, ai ele fez conexão em alguma outra cidade, e ao invés de seguir viagem eu decidi ficar ali mesmo porque não sabia qual era o meu destino, e porque esta cômodo ficar assim. É, é bem assim que eu me sinto.

Agora o que eu vou fazer a respeito?

A mudança tem que vir de dentro, e não da boca pra fora. Né? Cansei de falar que vou mudar isso ou aquilo e quando vejo lá estou eu cometendo o mesmo erro de novo. Já dizia um ditado, errar uma vez é até perdoável, agora persistir no erro é burrice. Chega de só falar coisa que não coloco em prática, sabe quando você posta uma frase só porque ela tem um “efeito legal” mas la no fundo você mesmo não faz jus a ela? Pois então, chega de mentir pra si mesmo.

Tantas coisas que eu quero mudar em mim, que eu me preocupo com o que vão falar por ai, – Nossa, a Thaís ta assim, ou ta assada. Ela mudou do nada. Que nada a ver. – Ok, agora que escrevi isso não faz sentido eu me preocupar. E daí que vão pensar alguma coisa? Eu já não fazendo nada tem gente que já fala, então vamos dar um motivo para que falem. hahaha

Quando eu era mais nova, tive um problema na escola com umas coleguinhas que falavam mal de mim, eu ia pra casa e chorava todos os dias pros meus pais contando o que acontecia, bullying gente, hahaha to brincando. Mas ai ele me disse assim: Filha o que os outros pensam de você é problema deles. A próxima vez que te falarem alguma coisa você olha bem pra pessoa e diz assim: – O que você pensa de mim é problema seu. -Vire as costas e vá embora.  Agora eu me pergunto, em qual parte do caminho da minha vida eu deixei isso se perder que não coloquei mais em prática?

Um brinde a um novo eu!

Eu sei que este post ficou meio conversa de consultório psicológico hahaha, mas me faz bem escrever e colocar pra fora um pouco do que eu penso e sinto a respeito de mim e do mundo. E escrevendo aqui eu me comprometo a realmente colocar em prática se não seria só mais uma promessa que fiz a mim mesma e não cumpri. Tenho essa mania errada.

anuncioanuncio
Thaika Ferreira, por Thais Ferreira © 2016 - Design por Susan Santos e Programação Sara Silva