Perfeitamente Imperfeita

Perfeitamente Imperfeita

Na última semana me deparei com uma notícia que dizia assim: “Preta Gil comenta ofensas após fotos de perna à mostra”, que se tratava de uma foto que ela postou de um show, em que ela usava um body que deixava as pernas a mostra, e choveram críticas ofensivas a ela sobre as celulites, gordurinhas, e “se ela tinha senso de ridículo por usar aquela roupa se tinha aquele tipo de corpo”. – Adorei a resposta dela:

pretagil-autoestima

Não me choca essa reação não, porque vemos isso sempre acontecer, mais o que me deixa indignada é que as pessoas pensem desta maneira ainda. O biotipo da mulher brasileira é ter coxas e quadris largos, aceita sociedade, os padrões de beleza de hoje em dia já mudaram. Resolvi escrever sobre esse tema, pois já aconteceu comigo de receber críticas ofensivas e comentário maldosos por ter o corpo assim, coxas e bunda grande, mas é minha genética, não é descuido meu, só que nunca terei perna fina igual a da Gisele, e muito menos o peso que ela tem. Esse é um “padrão” que não cabe a mim, meu padrão é de mulher brasileira.

autoestima

 

Quando comecei o blog, recebia emails com críticas contra meu corpo, meu blog e até da minha vida. Na primeira vez que eu estive em uma situação dessas fiquei bem mal, e até questionei algumas coisas, mas depois de muita conversa com as pessoas próximas a mim, aprendi que temos que relevar certas críticas que estavam ali só pra “acabar” com a minha felicidade. O tempo foi passando e hoje consigo administrar bem melhor, quem te quer feliz vai fazer críticas que apontam seu erro mas não acabam com seu sonho entende? Ela vai te ajudar a crescer.

Voltando um pouco no tempo, eu tinha meus 8 ou 9 anos e sempre ia pra escola com um casaco de tigresinha que eu gostava, algumas pessoas riam de mim e diziam que eu era “excluída” (não lembro a palavra então usarei essa hahaha), uma menina chegou até uma vez a falar várias coisas pra me machucar, voltei pra casa e chorei muito, ai meu pai veio me perguntar o que tinha acontecido, e então veio o MELHOR conselho do mundo todo, que eu sempre lembro até hoje em dia, ele me disse assim: – Filha, o que elas pensam de você é problema delas, você não tem que se preocupar com o que os outros dizem de você se você se sente bem assim.autoestima

A REAL

Não importa o quanto a gente malhe, faça dieta, perca peso, para certas pessoas sempre haverá algo novo para te criticar. Aprendi com o tempo que as criticas são divididas em 2 categorias: as construtivas e as destrutivas (para quem as faz), as construtivas são aquelas críticas de pessoas que te acompanham e querem te ver cada vez melhor (não to falando só de corpo aqui, to falando de trabalho também), as destrutivas são aquelas que ja começam assim: “Olha to falando para o seu bem”, ou “não to querendo te critica MAS”, coisas desse tipo, são coisas que a gente tem que relevar porque por alguma razão você incomoda aquela pessoa, e dai a gente só tem que ter pena de quem faz isso, porque quem o faz é porque é infeliz ou não esta satisfeito consigo mesmo.

Hoje em dia as pessoas acham que só porque as redes sociais estão ai que podem falar o que quiserem, dar suas “opiniões” e que se danem o que a pessoa que vai ler vai sentir. Antes de escrever alguma coisa que vá machucar alguém temos que pensar: Se esse comentário fosse pra mim como eu me sentiria lendo? O fato de blogueiras, famosos, etc colocarem suas vidas assim tão abertas não nos da a liberdade de ofender ninguém, mas e a “liberdade de expressão” Thaís? ok, todos tem direito a se expressar, mas se for uma coisa negativa que depois de dito não terá alteração NENHUMA na sua vida porque falar? só para fazer a outra pessoa se sentir mal? Isso chega a ser doentio. Temos que nos colocar no lugar do outro, porque “Você atrai o que você transmite.”

autoestima

Sempre tive esse corpo e me sentia muito mal, mas com o tempo fui amadurecendo, e aprendi a me aceitar desse jeito, eu não me acho feia e gorda quando me olho no espelho, mas como a maioria das mulheres,  vez ou outra me incomoda uma gordurinha aqui, uma celulite ali, mas hoje eu sei que meu biotipo é ser assim, o que eu posso fazer é me manter saudável, e agradecer por Deus ter me feito perfeita nas minhas medidas.

autoestima

– Repetindo, O QUE OS OUTROS PENSAM DE VOCÊ É PROBLEMA DELES. – Sempre que alguém te ofender, seja em qualquer quesito da sua vida lembre disso e pense “eu sei quem eu sou e o que acontece comigo, ninguém tem o direito de tirar a minha paz e a minha felicidade a não ser que eu permita.”

A gente não dando bola, para, e mesmo que não pare, a gente nunca agrada 100% das pessoas ao nosso redor, nem Jesus agradou. Então vamos nos aceitar dessa forma perfeitamente imperfeita de ser, que é o que nos torna tão únicos e especiais, e vamos ser nós mesmos, o que a gente quiser ser… be yourself and let it be. <3

Espero que tenham gostado do texto! Fiz com muito carinho.

Beijos

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *